Andrade & Mello Arquiterura e Interiores

Viver em uma cidade grande tem seus prós e contras, mas a balança pode pender para o lado mais favorável se, ao chegar em casa depois de um dia corrido e cansativo, o ambiente se revelar um verdadeiro refúgio de tranquilidade. A dupla de Arquitetos da Andrade & Mello começou reorganizando a planta de 40m², o que exigiu que algumas paredes fosses demolidas e outras construídas. Pensando na qualidade de vida, o proprietário autorizou uma reforma radical: um projeto impecável e quatro meses de obra promoveram a revolução pacífica que você confere nesta matéria.

"Áreas enxutas podem ser dribladas com união de cômodos, mobiliário funcional e truques decorativos", ensina o arquiteto Renato Andrade, que, em parceria com a sócia Erika Mello, reformou este flat em São Paulo. A cozinha fechada dava para um hall, espaço desperdiçado. A lição pisada e repisada por Renato entrou em prática: a alvenaria veio ao chão e os ambientes acabaram crescendo - os profissionais conseguiram, inclusive, um cantinho para a lavanderia, até então inexistente. Em prol da unidade visual, as paredes receberam tons neutros, e o piso, tacos de cumaru. "A madeira aquece e é ideal para quem gosta de andar descalço", fala Erika. A escolha dos móveis fez diferença, já que o sofá se abre inteiramente, a cama box tem outra embaixo e a marcenaria atende a múltiplas funções. "Não sinto falta de nem mais um metro", diz a moradora, Marcela Vicentini Alves..
Todos os ambientes deste apartamento da década de 1970 foram pensados para recepcionar convidados da melhor maneira possível. Ele oferece móveis confortáveis e espaços integrados que deixam cada cantinho especial.
Cozinha integrada, aparadores que se transformam em mesa para quatro, escorredor embutido no armário, quarto que vira home theater e cama que se transforma em chaise: conheça os truques dos arquitetos Renato Andrade e Erika Mello que fizeram esse apartamento de 36 m² "crescer".
Em dois meses, os 36 m2 se transformaram nas mãos dos Arquitetos Renato Andrade e erika Mello, graças à redistribuição da planta, aos novos acabamentos e à marcenaria impecável, com direito a uma tábua de passar escondida. "Adorei tudo. E eu que achava que não caberia nada hoje tenho gavetas vazias", diz Adriana Bernardes, proprietária do imóvel.
O apartamento estilo loft em dois andares, que era de uma solteira, foi adquirido pelo casal que optou pela comodidade de morar mais próximo do trabalho. A escada em concreto foi apenas lixada e impermeabilizada também para se valer da rusticidade deste elemento, explica o arquiteto Renato Andrade, do escritório Andrade e Mello Arquitetura.
Mudança de vida: móveis multiúso, pisos práticos, quarto que vira home theater e outras ideias mágicas para espaços pequenos.